17/08/2017

Revoada de andorinhas















Uma revoada de andorinhas,
pelo céu branco a movimentar.

Subindo e descendo felizes,
fazendo círculos no ar.

Um belíssimo espetáculo,
da natureza em ação,
alegria e leveza,
com pitadas de emoção.


Voando livremente,
por todo o quarteirão.

Um presente diferente,
nessa fria estação.

Vão e voltam,
voltam e vão,
vão e voltam,
voltam e vão.

Leves, lindas, soltas,
muito zen!


Elza Ghetti Zerbatto 


imagem:  https://www.papeldeparede.etc.br

11/08/2017

4° Festival de contos do Rio de Janeiro



















Bom dia!
Passando para compartilhar mais um importante evento promovido pela Literarte, a editora que abriu-me as portas para realizar o sonho de publicar meus livros.
Tive a oportunidade de participar em 2013 e foi uma experiência inesquecível.


Para participar basta acessar o link e seguir as orientações:
"Inscrições Abertas para o 4º Festival de contos do RJ - Cidade Escolhida - Petrópolis - RJ" em Associação Internacional de Escritores e Artistas

Desejando a todos um excelente fim de semana, e um ótimo dia dos pais.
abração com carinho


Fotos de minha autoria na participação do Primeiro Festival de contos em 13/07/2013 em Cabo frio, onde recebi o prêmio Melhores Contistas 2013, com o conto Caracolito, o caracol que perdeu sua casinha, através da editora Mago de Oz de Portugal em parceria com a Literarte.




09/08/2017

Dona Porquilda, Chocolate e seus irmãos





















Era uma vez uma linda fazenda rodeada de flores, de todas as cores e árvores frutíferas de todos tamanhos e sabores.
Nela haviam também cachoeiras e piscinas.
Os animais não eram sacrificados, mas sim criados com muito amor e carinho por todos os humanos.
Cavalos,bois,galinhas, gatos,cachorros,marrecos, patos,e em especial uma família de porcos.
Num dia muito ensolarado e belo,Dona Porquilda,uma charmosa porca bege,alimentava seus cinco lindos filhotes gordinhos.
Todos eram muito esfomeados,e corriam rapidamente para mamar em sua mãe.
O único que demorava para conseguir chegar até ela era o Chocolate.
Por ser o mais lento, era obrigado sempre a esperar a sua vez chegar.
Mamãe Dona Porquilda muito feliz ficava de alimentar sua prole, mas preocupava-se de não deixar Chocolate de lado, pois ele podia sentir-se rejeitado.
Olhava-o sempre com muita meiguice e carinho, e esfregava seu rosto nele,quando este aproximava-se.
Quando Chocolate finalmente pegava seu lugar era uma festa,pois o leite já estava bem mais quentinho.
Chocolate era um bom porquinho.
Herdou sua cor cor de seus avós paternos, e a paciência de sua delicada mãe.
Sabia que não adiantava brigar, pois se isso fizesse ele ou algum outro irmão poderiam machucar-se.
Mamava todo alegrinho e as vezes, espirrava gotinhas de leite no seu focinho.
Quando acabava, dormia bem relaxado, com a Mamãe Dona Porquilda ao seu lado,fitando-o com muita ternura.



Elza Ghetti Zerbatto


imagem: http://www.downloadswallpapers.com/

01/08/2017

Jito, o caramujo sonhador























Jito é um simpático e alegre caramujo que vive nos jardins de Caracolandia.
Sua rotina diária é apanhar flores, frutas e folhas para levar à sua família.
Seu maior sonho é arranjar uma linda namorada, com quem possa passear calmamente, olhar as estrelas e curtir as noites enluaradas.
Quando termina suas atividades, vai descansar próximo à uma mangueira, onde há uma grande pedra, e fica observando o céu e suspirando profundamente, e deliciando-se com a luz prata da lua.
Em sua mente sonhadora tudo é muito claro.
A amada é alegre, divertida e inteligente.
Os dois escalam as flores, árvores frutíferas e vão até a grande pedra para namorar.
Romântico, Jito tira flores do jardim, e oferta à sua amada que sorri com sua delicadeza.
E assim passam-se os dias e Jito continua a sonhar.
Quem sabe logo em breve ele encontrará sua amada?




Elza Ghetti Zerbatto


imagem: www.baixaki.com.br

25/07/2017

Dia nacional do escritor e Sarau Casa de Cultura Tremembé















Bom dia amigos!
Comemoramos hoje o dia nacional do escritor.
Essa data foi criada na década de 60 pela União Brasileira dos Escritores, tendo á frente como presidente João Peregrino Júnior, e vice-presidente Jorge Amado.
Parabéns a todos escritores do Brasil pelo seu dia.
E para não esquecer neste sábado, tem sarau na Casa de Cultura Tremembé.



SARAU LÍTERO MUSICAL


DIA 29 DE JULHO DE 2017
HORÁRIO: 17 ÀS 19 HORAS
LOCAL: CASA DE CULTURA TREMEMBÉ
RUA MARIA AMÁLIA LOPES DE AZEVEDO, 190
TREMEMBÉ - CIDADE DE SÃO PAULO
TEL: (11) 2991-42-91
VENHA MOSTRAR SEU TALENTO!
MUITO OBRIGADA!


imagem pertencente á Casa de Cultura Tremembé, e autorizada para uso exclusivo de divulgação

17/07/2017

O bailado da pequena borboleta













Uma pequena borboleta,
vermelha, laranja e preta,
alegremente a voar, 
ao redor da pitangueira,
em ritmados movimentos,
agilmente a circular.

Uma pequena borboleta,
aproveitando o calor,
embelezando o céu azulado,
com seu lindo bailado!

Uma pequena borboleta,
um ser tão encantador,
mais uma delicada obra,
do Divino Criador!


Elza Ghetti Zerbatto



imagem: www.walldesk.com.br

10/07/2017

Hoje é dia dela, bella!



















Calabresa,
muçarela,
quatro queijos,
doce ou vegetariana,
entre tantas outras divinas.

Que delícia!

Mangia che fanno che bene!
Ou coma que te faz bem.

Hoje é dia dela, bella!

A querida pizza tão bela!

No Brasil é consumida de norte a sul.

São Paulo é considerada,
sua capital nacional.

Hummm!!!!!

Sua data foi criada em 1985,
pelo secretário de cultura Caio Luís de Carvalho.

Sabem quantas pizzarias ativas,
há atualmente no Brasil?
36.000!

Destas 11.000 somente em São Paulo.

Mamma mia!

Quantas são consumidas diariamente em todo país?
Um milhão, bella, sim um milhão!

Mamma mia!

E quais as mais vendidas?

Calabresa,
marguerita,
portuguesa,
frango com catupiry,
e ela a mais famosa: a muçarela!

Mangia che fanno bene!

Boa semana e dia da pizza a todos!


Elza Ghetti Zerbatto

tradução: tradukka.com

imagem: http://wall.alphacoders.com


Revoada de andorinhas

Uma revoada de andorinhas, pelo céu branco a movimentar. Subindo e descendo felizes, fazendo círculos no ar. Um belíss...